Ligação cerebral semelhante entre visualizar e desenhar um objeto

Estudo publicado na revista “The Journal of Neuroscience”

03 janeiro 2020
  |  Partilhar:

Investigadores liderados por Judith Fan, da Universidade da Califórnia em San Diego, EUA, mostram que desenhar ou representar mentalmente um objeto ao visualizá-lo faz acionar o cérebro de forma similar.

 

Para o estudo, foi solicitado a adultos saudáveis que identificassem peças de mobiliário em imagens e as desenhassem, tudo isto enquanto a atividade cerebral era registada através de ressonância magnética funcional.

 

Através de aprendizagem de máquina (“machine learning”, em inglês), a equipa encontrou padrões similares entre as duas atividades no córtex occipital, uma área do cérebro importante no processamento visual.

 

Este resultado revela que é usada a mesma representação cerebral de um objeto quando o vemos e quando o desenhamos.

 

Além disto, à medida que os participantes iam repetidamente desenhando cada objeto, os padrões do córtex occipital não se alteravam, mas a conexão entre este e o córtex parietal, uma área relevante no planeamento motor, tornava-se mais distinta.

 

Esta descoberta sugere que praticar o desenho de um objeto melhora a forma como o cérebro partilha a informação sobre esse objeto entre as várias regiões ao longo do tempo.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Comentários 0 Comentar