Fazer exercício físico à noite não causa problemas de sono

Estudo publicado na revista “Sports Medicine”

18 dezembro 2018
  |  Partilhar:
Ao contrário do que se costuma pensar, praticar exercício físico à noite não provoca insónia, indicou a análise de vários estudos científicos.
 
A análise foi conduzida com base em 23 estudos de qualidade, por uma equipa de investigadores do Instituto Federal de Tecnologia de Zurique, Alemanha.
 
A combinação dos dados dos diferentes estudos revelou que na noite após a prática de exercício físico, 21,2% do sono nos participantes foi sono profundo. Contudo, o sono profundo perfez uma média de apenas 19,9%, em noites em que não tinham praticado exercício físico. Embora pequena, esta diferença é significativa em termos estatísticos.
 
Como se sabe, o sono profundo é essencial para a recuperação do organismo.
 
Segundo apuraram os investigadores, praticar exercício físico no espaço das quatro horas que antecedem a hora de dormir não exerce qualquer efeito negativo sobre o sono. “Se praticar desportos à noite exerce algum efeito sobre a qualidade do sono, é sim um efeito positivo, embora leve”, afirmou Christina Spengler, investigadora no estudo.
 
Os achados indicam que praticar exercício físico moderado pouco antes da hora de dormir não afeta a qualidade do sono. Contudo, um dos estudos sugeriu que praticar exercício físico vigoroso uma hora antes de dormir poderá exercer um efeito negativo sobre o sono.
 
Christina Spengler explicou que “regra geral, o treino vigoroso é definido como um treino em que a pessoa é incapaz de falar. O treino moderado é atividade física com intensidade suficiente ao ponto de a pessoa não conseguir cantar, mas poder falar. 
 
Os investigadores apontaram que a interferência do treino vigoroso sobre o sono, uma hora antes de dormir, é devida ao facto de o ritmo cardíaco não recuperar o suficiente durante a hora após o treino.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A. 
Partilhar:
Comentários 0 Comentar