Enzalutamida aumenta sobrevivência a cancro da próstata metastizado hormonosensível

Estudo publicado na revista “New England Journal of Medicine”

05 junho 2019
  |  Partilhar:
O fármaco enzalutamida demonstrou resultados muito animadores num ensaio clínico com pacientes com cancro da próstata metastizado hormonosensível.
 
Com o efeito, o enzalutamida, um inibidor oral do recetor de androgénio, foi usado juntamente com um supressor de testosterona num estudo conhecido como ENZAMET, que contou com a participação de 83 instituições de vários cantos do mundo.
 
Para o estudo, liderado pelo Grupo de Ensaios de Cancro Urogenital e da Próstata da Austrália e Nova Zelândia (ANZUP na sua sigla em inglês), foram recrutados 1.215 pacientes. 
 
Os homens receberam, aleatoriamente, um tratamento com um supressor de androgénio, combinado com um anti-androgénio não esteroide (tratamento convencional); o outro grupo de pacientes recebeu igualmente um supressor de androgénio, combinado com o fármaco enzalutamida. 
 
Os pacientes foram seguidos durante uma mediana de 34 meses. Como resultado, após o período de acompanhamento, 80% dos homens tratados com enzalutamida continuavam vivos, contra 72% dos homens que tinham recebido o tratamento convencional.
 
“Isto verifica-se tanto em pacientes com doença muito avançada, com múltiplas metástases ósseas ou metástases no fígado, assim como em homens com a doença menos avançada. A nova opção de tratamento é especialmente relevante em homens que não conseguem tolerar a quimioterapia e têm a doença menos avançada”, explicou Christopher Sweeney, codiretor do estudo.
 
Ian Davis, codiretor do estudo, acrescentou que “os benefícios da enzalutamida já tinham sido verificados nos cancros da próstata que já não respondem à terapia hormonal”. O investigador disse ainda que os pacientes revelaram uma melhoria de 60% no tempo que demora a detetar recidivas no cancro e um aumento de 33% na possibilidade de sobrevivência à doença.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A. 
Partilhar:
Comentários 0 Comentário