Diabetes: sintomas de doença renal crónica podem surgir antes do diagnóstico

Estudo publicado na revista “PLOS ONE”

19 março 2018
  |  Partilhar:

Um novo estudo demonstrou que muitos pacientes diagnosticados com diabetes demonstram sintomas de doença renal crónica antes da doença ser diagnosticada.

 

Os pacientes com diabetes apresentam o risco de desenvolverem doença renal. No entanto, muitos poderão sofrer danos renais antes de se aperceberem que têm diabetes.

 

O estudo conduzido por investigadores do Centro de Ciências da Saúde da Universidade do Tennessee e da Rede de Saúde dos Veteranos de MidSouth, ambos nos EUA, teve por base a análise de processos clínicos eletrónicos de 36.794 veteranos norte-americanos que tinham sido diagnosticados com diabetes entre 2003 e 2013.

 

A análise dos investigadores revelou que 31,6% dos participantes evidenciavam ter doença renal crónica antes de terem recebido o diagnóstico de diabetes.

 

Os veteranos com idade mais avançada e com hemoglobina A1C, tensão arterial e índice de massa corporal (IMC) mais elevados apresentavam também um risco superior de doença renal crónica. Estes fatores são por si só fatores de risco para o desenvolvimento da diabetes.

 

Adicionalmente, os veteranos com doenças cerebrovasculares, insuficiência cardíaca congestiva ou doença arterial periférica, que são doenças que frequentemente acompanham a diabetes, demonstravam também um maior risco de doença renal.

 

Os investigadores consideram que os resultados sugerem que frequentemente ocorrem danos nos rins antes de o paciente ser diagnosticado com diabetes.

 

São apresentadas duas razões possíveis para este facto: a diabetes pode não ser diagnosticada durante um grande período de tempo, causando problemas renais sem que o médico e paciente se apercebam de tal. Ou os danos nos rins podem ter origem noutras doenças que são comuns nos pacientes em risco de desenvolverem diabetes.

 

Sendo assim, poderá ser benéfico alargar o rastreio entre os pacientes em maior risco de doença renal crónica, o que poderá conduzir a uma identificação mais rápida da diabetes e evitar, assim, danos nos órgãos.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Comentários 0 Comentário