Descoberto mecanismo de resposta às infeções virais

Estudo publicado na revista “Nature Medicine”

30 julho 2019
  |  Partilhar:
Uma equipa de investigadores do Centro de Investigação Viral e Medicina Experimental do Centro Médico Académico SingHealth Duke-NUS, Singapura, descobriram a razão por que algumas pessoas têm sintomas e ficam doentes, e outras não, quando expostas ao mesmo vírus.
 
Os cientistas procuraram descobrir o porquê de, por exemplo, dois terços dos infetados com o vírus do dengue não terem sintomas e os restantes desenvolverem febre e dengue severos, tendo todos sido infetados com a mesma quantidade de vírus.
 
Para a investigação, foram recrutados mais de 100 adultos, que receberam a vacina da febre amarela, uma das mais eficazes do mundo. 
 
O sangue dos indivíduos foi analisado imediatamente antes e depois de administrada a vacina. Descobriu-se que aqueles que tinham um metabolismo alterado e cujas células revelavam níveis elevados de stress devido à produção de proteína desenvolveram sintomas semelhantes à gripe depois da vacinação.
 
Este aumento de stress e metabolismo alterado desencadearam uma resposta do sistema imunitário mais depressa do que o esperado.
 
A descoberta dos investigadores tem implicações importantes na prevenção e tratamento de doenças infeciosas tais como o zika, dengue ou febre amarela. 
 
Isto significa que um dos caminhos da prevenção é colocar as células sob stress e provocar alterações no metabolismo, tal como acontece na obesidade.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A. 
Partilhar:
Comentários 0 Comentário